• Irã rejeita presença de lutadores americanos na Copa do Mundo de 2017

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Bahram Qasemi, disse na sexta-feira que a presença da equipe de wrestling dos EUA na Copa do Mundo de 2017 na cidade de Kermanshah, no Irã, foi rejeitada.

Falando à IRNA, Qasemi reiterou que o caso da presença da equipe de wrestling dos EUA,que será realizado no Irã foi  encaminhado a um comitê especial, no qual se opôs à presença da equipe após  estudos necessários.

A Copa do Mundo de Wrestling 2017 - O freestyle masculino deverá ser realizado na província de Kermanshah, no oeste do Irã, em fevereiro (16-17).

Ele disse que devido às políticas do novo presidente dos EUA, Donald Trump, o Ministério das Relações Exteriores foi obrigado inevitavelmente a se opor à viagem da equipe de wrestling dos EUA ao Irã.

O presidente dos EUA, Donald Trump, assinou recentemente uma ordem com base na qual as fronteiras dos EUA serão fechadas por 4 meses em refugiados. A emissão de vistos também foi proibida por 7 países muçulmanos, inclusive o Irã, Iraque, Sudão, Líbia, Síria, Somália e Iêmen por 3 meses.

A decisão dos EUA foi  amplamente criticada por órgãos de direitos humanos, indicando que Trump tem desprezado os muçulmanos por suas crenças.

 

Tags

Feb 03, 2017 11:36 UTC
Comentários