• O líder alertou para as tentativas do inimigo de prejudicar eleição presidencial do Irã

O líder da Revolução iraniana pede o fortalecimento econômico como prioridade da Revolução Islâmica do Irã, Aiatolá Seyed Ali Khamenei em reunião com alguns comandantes e oficias do exército do Irã na quarta-feira afirmando: "Hoje, fortalecer a economia, é um ponto-chave e prioridade do país".

Aiatolá Khamenei alertou também para as tentativas hostis para prejudicar o ambiente das próximas eleições, deste modo solicitando uma participação maciça do povo. "Os inimigos fazem provocações para sabotar as eleições. A nação deve estar ciente e mover-se contra o movimento hostil para que as eleições sejam realizadas com vitalidade, paixão, clareza e segurança”, afirmou quarta-feira o líder da Revolução Islâmica, aiatolá Seyed Ali Khamenei. Nesta reunião com alguns comandantes e pessoais do exército do Irã em comemoração a Dia do Exército Nacional (realizada na terça-feira), aiatolá Khamenei, pediu uma "participação maciça" dos iranianos nas próximas eleições presidenciais para decepcionar "provocações dos inimigos".

Os frustrados fazem provocações para sabotar as eleições. “A nação deve estar ciente e mover-se contra o movimento hostil”. Uma eleição" saudável "e bem sucedida imune o país contra qualquer intervenção estrangeira e ser um" recurso "para a nação, sublinhou o líder iraniano, em seguida, observou que os inimigos não podem fazer algo contra o país, devido à forte aproximação e vínculos entre a nação e o governo iraniano.

Se as autoridades continuarem com medo da ameaça de inimigo, isto pavimenta o caminho para a sua agressividade. No entanto, afirmou que o povo iraniano não tem medo e resistiria a qualquer ameaça.

Por outro lado, o Líder o Irã reiterou a importância do tema escolhido para este ano que é 'Resistência economia, Produção e emprego'. "Hoje, fortalecer a economia, é uma ponto-chave e prioridade do país”, frisou.

Em 19 de maio, serão realizadas XII eleições presidenciais a V edição de eleições de Conselhos Municipais e Vilarejos, bem como eleições intercalares do Parlamento iraniano (Majles).

Entre os destacados candidatos existe o atual presidente iraniano, Hassan Rouhani, seu antecessor Mahmud Ahmadinejad e o Administrador de Astan Quds Razavi em Mashhad (nordeste), Seyed Ibrahim Raisi. O processo de inscrição terminou e as credenciais dos candidatos estão sendo examinadas. Os candidatos são sujeitos à aprovação e avaliação do Conselho de Guardião da Constituição.

O comandante das unidades especiais da polícia iraniana, Hussein Karami anunciou na segunda-feira que pelo menos 20 mil soldados das forças especiais da polícia iraniana será implantado para garantir a segurança destas eleições.

 

Apr 19, 2017 11:44 UTC
Comentários