• Irã é capaz de fabricar todos os materiais militares que necessita.

A República Islâmica do Irã é capaz de produzir e fabricar todas as munições e materiais militares que necessita, afirmou um militar iraniano de alto escalão.

O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas do Irã, o general de divisão Mohamad Hussein Baqeri, destacou o auto abastecimento do país na indústria militar e sua poder dissuasivo. 

“Nenhuma potência atreve-se a desencadear uma guerra contra a República Islâmica. Hoje em dia, o Irã não precisa (apoios estrangeiros) para fabricar as munições e materiais militares. É capaz de produzir e pôr em prática qualquer instrumento que precise”, enfatizou em um ato público.

O general Baqeri realçou a importância desta capacidade em comparação com exércitos de outros países membros das desatacadas alianças mundiais que, ao seu critério, sempre se sentem preocupados por obter a ajuda militar dos poderes imperialistas.

Desta maneira, ressaltou que o Irã atingiu tal posição em momentos que sua indústria militar foi objeto de sanções impostas pelo Occidente.

Fazendo questão de que o Irã nunca ficará parado perante nenhum dos “poderes maliciosos” do mundo que atreve atacar o Irã graças a sua capacidade defensiva.

“Atualmente, o Irã se encontra em uma posição que os inimigos têm medo de certos assuntos como o eixo Irã- Mediterrâneo. Os Estados radicais da região mostraram o seu invejo abertamente em suas reuniões sobre o poderio militar da República Islâmica”, continuou o chefe do Estado Maior das Forças Armadas do Irã.

Nos últimos anos, o Irã tem conseguido grandes avanços no setor da defesa, apesar das sanções, tem conseguido a autossuficiência na produção de equipamentos e sistemas militares essenciais para seu sistema defensivo.

A República Islâmica tem assegurado, em reiteradas ocasiões, que sua doutrina defensiva se baseia na dissuasão e seu poderio militar não representa ameaça alguma contra outros países, em particular para seus vizinhos.

 

Sep 13, 2017 15:45 UTC
Comentários