• O serviço mundial da Radiodifusão iraniana assina o memorando com RT da Rússia visa ampliar a cooperação

Pars Today- O Serviço Mundial de Radiodifusão da República Islâmica do Irã (IRIB) e o canal de notícias RT da Rússia assinaram um memorando de entendimento para a cooperação em assuntos de mídia, especialmente treinamento de pessoal.

O MoU foi assinado em Teerã na segunda-feira, durante uma reunião entre o presidente do Serviço Mundial do IRIB, Peyman Jebelli, e o Diretor Gerente da RT, Alexey Nikolov. Durante a reunião, Jebelli elogiou a RT por seus relatórios precisos e poderosos, dizendo: "Quando olhamos para a Rússia de hoje, vemos que não é apenas uma voz muito poderosa e muito diferente entre os grandes meios de comunicação do mundo, os nossos serviços se considera uma voz precisa e corajosa como uma alternativa para confrontar os principais meios de comunicação ocidentais".

"Eu acho que hoje a bravura da Rússia e a sua eficácia entre os meios de comunicação mundiais é o resultado do novo e diferente papel da Rússia no mundo e na região e acho que esse poderoso movimento de sua organização está completando o novo papel da Rússia no mundo”, acrescentou.

O presidente do Serviço Mundial da IRIB observou que o fluxo midiática de RT tornou-se um discurso muito criativo entre os meios de comunicação mundiais, acrescentando que o progresso da RT foi devido ao papel de liderança e ao apoio do presidente russo, Vladimir Putin. "Durante os 40 anos, fomos sujeitos a muitas pressões e muitas sanções e limitações", disse Jebelli em referência a medidas restritivas tomadas pelos países ocidentais contra o Irã na sequência da vitória da Revolução Islâmica em 1979.

Jebelli acrescentou que o mundo já ouviu muito sobre as sanções econômicas impostas ao Irã, mas as sanções, que visavam proibir o Irã de ter sua voz ouvida pelo mundo, eram mais importantes e maiores do que as sanções econômicas.

O presidente do Serviço Mundial de Radiodifusão da República Islâmica do Irã, Peyman Jebelli (R), e o Diretor Gerente da RT, Alexey Nikolov, em uma reunião na sede da Press TV, em Teerã, em 12 de março de 2018.

Ocidente, liderado pelos EUA, primeiro demonizou o Irã na opinião pública do mundo e da região, a fim de justificar suas sanções contra o Irã. O funcionário iraniano afirmou: "eu acho muito difícil para os EUA perderem o seu grande aliado na região", como resultado da Revolução Islâmica, observando que "eles ainda estão tentando pressionar o Irã para que ele faça para esse período [de pré-revolução] e tornar o Irã seu aliado na região novamente”.

É por isso que estamos tentando ouvir nossa voz pelo mundo e estamos tentando tornar nossos pontos de vista disponíveis para as pessoas em todo o mundo e na região, apesar das pressões exercidas pelo Ocidente e os Estados Unidos.

Jebelli observou que o forte impacto do Irã e da Rússia que influenciaram a região era natural e por causa das raízes profundas dos dois países nessa região. Ele acrescentou que, apesar das pequenas diferenças que existem entre os dois canais de notícias, "ambos temos o mesmo objetivo, temos o mesmo objetivo [e] temos objetivo compartilhado", que é apresentar um novo discurso ao mundo midiático e "podemos ter uma boa cooperação uns com os outros".

Por sua parte, o diretor-gerente da RT disse que esta foi à primeira visita que realizou e expressou a esperança de que estabelecesse o terreno para a "cooperação duradoura" entre os dois lados.

"RT e Press TV têm muito em comum. Ambas as organizações de notícias aspiram a trazer para o mundo o que podemos chamar de agenda de notícias alternativas", disse Nikolov.

"Queremos olhar para o outro lado da notícia. Acreditamos que o mundo e o público merecem conhecer mais de um lado da notícia, o lado que não lhes foi mostrado e apresentado há muitos anos, por isso o nosso trabalho vai ser tornara cada vez mais difícil, mas estamos preparados para isso”, acrescentou.

Nikolov expressou sua gratidão pela oportunidade criada para compartilhar a experiência da RT com a Press TV e disse que a RT estava preparada para cooperar com o canal iraniano em uma série de questões. "Estamos ansiosos para trabalhar com a Press TV e uma duradora cooperação com nossos colegas iranianos”, concluiu.

Após a reunião, o diretor-gerente da RT, juntamente com a delegação que o acompanhava, visitou várias seções da Press TV, incluindo sua redação e o site, e conversou com sua equipe.

Tags

Mar 13, 2018 06:32 UTC
Comentários