• Primeiro ministro indiano chega ao Irã a fim de fortalecer a

A sua chegada a Teerã, a capital iraniana, primeiro-ministro indiano Narendra Modi, espera que a sua visita histórica impulsa "parceria estratégica" e a cooperação política e económica entre os dois países.

"Eu vim ao Irã, um país com o qual partilhamos laços de civilização, espero que possamos reforçar a nossa cooperação econômica”, escreveu no domingo, o primeiro ministro indiano em sua conta no Twitter em farsi, uma vez que aterrou no aeroporto internacional de Mehrabad, em Teerã.

No aeroporto, Modi foi recebido pelo ministro iraniano da Economia e Finanças, Ali Tayebnia, e explicou aos repórteres sobre sua agenda no Irã e os objetivos de sua viagem, a primeira feita por um primeiro ministro indiano ao Irã nos últimos 15 anos.

O primeiro-ministro indiano durante seus dois dias de estadia em Teerã, encabeça uma delegação política, económica e cultural, e procura acima de tudo melhorar a cooperação económica com o Irã, como "um país importante na região e um dos parceiros valiosos da Índia".

Para Modi: "O levantamento das sanções internacionais contra o Irã abriu imensas oportunidades e Índia espera expandir a cooperação com a nação do Golfo Pérsico em sectores como o comércio, investimento, infra-estrutura e energia”.

Na segunda-feira de manhã, o primeiro ministro indiano vai se reunir com o presidente iraniano Hassan Rouhani, que além de discutir questões de interesse comum, irá abordar questões relacionadas com a paz e estabilidade regional e internacional.

Índia e Irã têm "interesses comuns" na paz e prosperidade da região, frisou Modi, e tem acrescentado que a luta contra a ameaça do terrorismo e ideologias radicais é um desafio comum para ambos os países.

Ele espera-se que durante esta visita, os dois países assinem 14 acordos de cooperação, incluindo um acordo para desenvolver o porto de Chabahar (sudeste do Irã), localizado no Golfo de Omã.

Além disso, o presidente afegão Ashraf Qani, vai viajar a Teerã para se juntar a Rouhani e Modi, para a assinatura de um acordo trilateral sobre o porto de Chabahar. Irã e Índia acordaram em desenvolver o porto estratégico de Chabahar em 2003. No entanto, o projeto foi suspenso na sequência da imposição de sanções contra o Irã.

Em maio de 2014, os dois países assinaram um memorando de entendimento para desenvolver conjuntamente o porto logo após o levantamento de sanções internacionais contra o Irã.

Os embargos relacionados ao programa nuclear iraniano foram levantados em janeiro, como resultado de um acordo nuclear entre Teerã e o Grupo 5 + 1 (Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China, mais a Alemanha). .

A rota de Chabahar vai permitir que os produtos indianos chegassem a Afeganistão através do porto iraniano de Chabahar, sem atravessar o território do Paquistão. Chabahar está localizado no Golfo de Omã, na fronteira com o Paquistão. Irã já anunciou planos para converter Chabahar um importante centro comercial.

Tags

Maio 23, 2016 01:31 UTC
Comentários