• Irã: 'Israel trás a miséria palestina, a crise no Oriente Médio'

O embaixador do Irã e representante permanente junto das Nações Unidas tem mantido o regime de Israel responsável pela situação desesperada da nação palestina e exacerbação das tensões no Oriente Médio.

Ele criticou violações sistemáticas do regime Tel Aviv dos direitos dos palestinos e do direito internacional, incluindo demolições de casas, deslocamento forçado de civis, detenções de menores, e provocações incessantes por colonos ilegais e extremistas em locais reverenciados, especialmente composto pela Mesquita al-Aqsa na ocupada Jerusalém Oriental al-Quds.

Khoshroo disse que o regime israelense tem dado continuamente intensificando suas medidas ilegais e opressivas contra a população palestina indefesa ao longo dos últimos anos, mataram e feriram muitos civis, e privou os palestinos de seu direito à proteção.

O diplomata iraniano apontou para atividades expansão dos assentamentos israelenses na Cisjordânia ocupada, afirmando que eles estão em clara violação da Quarta Convenção de Genebra, que constituem crimes de guerra sob Estatuto de Roma do Tribunal Penal Internacional, e demonstrar que Israel nunca teve qualquer interesse em paz com os palestinos e sua participação no chamado processo de paz só foi destinado a encobrir a sua política de agressão.

Khoshroo também culpou de ilegal a intervenção estrangeira, do extremismo e da violência para os conflitos em curso na Líbia, Iraque, Síria e Iêmen.

 

Tags

Oct 20, 2016 16:49 UTC
Comentários