• Bahrein: as forças do regime encarceram o erudito religioso por apoiar o aiatolá Xeque Isa Qassim

Funcionários do regime bahreinense condenaram um erudito religioso a um ano de prisão por seu apoio ao proclamado erudito religioso de Bahrein, o aiatolá Sheikh Isa Qassim, que foi despojado da cidadania pelo regime minoritário Aal-e Khalifah e que sofre de uma deterioração da saúde.

O tribunal de apelação de Bahrein confirmou uma decisão contra Sheikh Hamza al-Dairi sobre sua participação em um assento perto da residência de Sheikh Qassim na vila noroeste de Diraz, situada a cerca de 12 quilômetros a oeste da capital, Manama, no final de maio do ano passado.

Os soldados do Regime prenderam o clérigo assim que ele deixou o prédio da corte.

No ano passado, um tribunal do Bahrein emitiu um mandato de prisão de um ano para Sheikh Dairi e ordenou que ele pagasse uma multa de 500 dinares bahreinenses (US $ 1.326,15).

Enquanto isso, funcionários do regime bahreiníes deportaram um jovem para a vizinha Arábia Saudita no início desta semana sobre o seu apoio ao Xeque Qassim.

Jan 11, 2018 17:02 UTC
Comentários