A caba de ser lançado aquele que a easyJet apelida de "maior recrutamento em massa da história da empresa", pelo menos no que diz respeito a pilotos.

Através do site oficial, a transportadora aérea 'low cost' revelou as características exigidas para os comandantes e copilotos, que variam naturalmente tendo em conta as funções. Para os pilotos, a exigência mínima é de quatro mil horas de voo, um valor que baixa para as 500 no caso dos copilotos.

Os recrutamentos vão ser feitos em Lisboa e no Porto, nos hotéis Tryp do Aeroporto Humberto Delgado e no Tryp Porto Expo.

As condições oferecidas são interessantes e incluem contratos permanentes e salários desde os 47.450 euros e os 144.500 euros por ano, de acordo com as funções desempenhadas.

Aug 12, 2017 19:29 UTC
Comentários