• Portugal e Venezuela criam canal para responder às necessidades dos portugueses

O Governo venezuelano vai criar um canal de comunicação com a embaixada de Portugal em Caracas para dar resposta às preocupações, dificuldades e necessidades da comunidade lusa na Venezuela.

"No encontro que tive oportunidade de ter com o presidente Nicolás Maduro, estabelecemos, de comum acordo, um canal de comunicação permanente (...) através do qual se possam transmitir imediatamente às autoridades venezuelanas as preocupações, as dificuldades, as necessidades, mas também as propostas da comunidade portuguesa", afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros português, esta quarta-feira.

 

Augusto Santos Silva falava à agência Lusa no fim de uma visita de quatro dias a Caracas, durante a qual reuniu com as autoridades venezuelanas e com empresários e membros da comunidade portuguesa, e participou na XI reunião da Comissão Mista de Acompanhamento Bilateral.

 

O canal permitirá que "todas" as preocupações, dificuldades, necessidades e propostas dos portugueses "sejam consideradas, analisadas pelas autoridades venezuelanas para que em relação a todas elas haja uma resposta das autoridades venezuelanas", explicou.

 

"E, portanto, combinamos que se fariam de imediato reuniões, designadamente por causa desta questão da imposição administrativa de preços", disse, fazendo referência à situação dos supermercados de portugueses que foram obrigados, pelas autoridades, a baixar os preços.

 

Jan 10, 2018 18:11 UTC
Comentários