• Trump: Só Damasco, Rússia e Irã estão lutando contra Daesh na Síria

Donald Trump considerou que só Damasco, Rússia e o Irã estão lutando contra os terroristas de Daesh na Síria.

"(O presidente sírio Bashar al) Asad está exterminando ao EIIL (Daesh, em árabe), a Rússia extermina o EIIL, o Irã extermina o EIIL", comentou no domingo Trump, candidato republicano à Presidência dos EUA, durante o segundo debate eleitoral que protagonizou junto à candidata democrata Hillary Clinton.

Em relação com a crise síria, o magnata republicano argumentou que, se chegar a ser presidente dos Estados Unidos, os únicos grupos aos que admitiria como aliados para combater os extremistas de Daesh seriam estes três países: a Síria, a Rússia e o Irã. Estas declarações  provocaram grande polêmica, sobretudo porque até agora a Administração estadounidense tem  afirmado de que Al-Asad deveria deixar o poder e, ademais, negava seu papel na luta anti-terrorista na Síria.

No debate aproveitou para condenar o apoio oferecido por sua rival democrata e o atual Governo estadounidense aos grupos armados que tratam de destruir o Governo do país árabe, considerados por Washington  seus aliados "rebeldes moderados sírios".

Neste sentido fez questão de que a estratégia de dar  apoio armamentístico a grupos opositores de estilo não tem feito mais que acarretar problemas aos EUA em anteriores ocasiões e em outros lugares do mundo.

"Nem sequer sabe quem são os rebeldes", enfatizou Trump. E que os grupos que recebem  o apoio dos EUA e seus aliados têm demonstrado que têm tendências similares às de grupos terroristas presentes no terreno, inclusive têm jurarando lealdade a alguns deles.

 

Tags

Oct 10, 2016 10:43 UTC
Comentários