Pequim, 08 ago - Vinte e três pessoas morreram e duas encontram-se desaparecidas, na sequência de um deslizamento de terras, ocorrido hoje na província de Sichuan, sudoeste da China, informou a agência noticiosa oficial Xinhua.

Os escombros cobriram a aldeia de Gengdi, uma zona habitada principalmente pela minoria étnica Yi, segundo as autoridades locais.

Quatro pessoas ficaram feridas e setenta e uma casas destruídas, enquanto um trecho de cinco quilómetros de estrada ficou danificado.

As perdas económicas ascendem a 160 milhões de yuan (20 milhões de euros).

O deslizamento ocorreu devido às fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias.

Em 24 de junho passado, também na província de Sichuan, um deslizamento de terra e rochas causou quase 100 mortos.

Aug 08, 2017 12:42 UTC
Comentários