• Ex-primeira-ministra do Bangladesh condenada a cinco anos de prisão

Khaleda Zia foi condenada pelo crime de corrupção e de abuso de confiança. Diz-se inocente e considera a condenação um processo político para a afastar das próximas eleições.

A antiga primeira-ministra do Bangladesh, Khaleda Zia, foi condenada a uma pena de cinco anos de prisão pelo crime de corrupção e de abuso de confiança.

Zia, de 72 anos, é também a líder da oposição no país e considera a maior rival do atual primeiro-ministro, Sheikh Hasina.

Com esta sentença, Khaleda Zia, que garante estar inocente e considera a sua condenação resultado de um processo político, não poderá concorrer às eleições deste ano.

A líder da oposição foi julgada pelo desvio de fundos (206 mil euros) que seriam destinados a um orfanato. O crime ocorreu durante o seu  primeiro mandato, entre 2001 e 2006.

Os momentos antes da condenação foram de grande apreensão em Daca, com vários manifestantes a saírem às ruas. A polícia reforçou as medidas de segurança e as próximas horas serão de tensão no país.

“A segurança foi reforçada na capital e em todo o país de forma a evitar incidentes indesejáveis”, afirmou o comissário da polícia de Daca, Asaduzzaman Mia, citado pelo Independent.

Tags

Feb 08, 2018 10:08 UTC
Comentários