• Surata Al Imran (Família Imran), Versículos 100-104

A paz e as bênçãos de Deus estejam com o nosso amado profeta Mohammad, todos os outros profetas e mensageiros, todos os seus familiares, seus companheiros e seguidores até o dia do Juízo final.

Primeiramente vamos ler os versículos 100 e 101 da surata da Família de Imran:

يا أيها الذين آمنوا إن تطيعوا فريقا من الذين أوتوا الكتاب يردوكم بعد إيمانكم كافرين

Ó crentes, se désseis ouvidos a alguns daqueles que receberam o Livro (os judeus), converter-vos-iam em incrédulos, depois de terdes acreditado! (100).

 وكيف تكفرون وأنتم تتلى عليكم آيات الله وفيكم رسوله ومن يعتصم بالله فقد هدي إلى صراط مستقيم

E como podeis descrer, já que vos são recitados os versículos de Allah, e entre vós está o Seu Mensageiro? Quem se apegar a Allah encaminhar-se-á à senda reta. (101).

Após uma entrada de profeta em Medina e formação do governo, estabeleceu uma paz e convivência entre como diferentes tribos desta cidade. Duas tribos Aus e Jazray que lutaram por muitos anos, graças à existência da liderança do profeta, a uma situação tranquila e convivência fraterna.

Alguns dos judeus que reconheceram essa unidade e empatia dos muçulmanos a seu prejuízo formaram uma trama para travar novamente guerra entre os muçulmanos e, por isso, encomendaram a um muçulmano que recordando os acontecimentos dessas guerras, provasse os anciões dessas duas tribos. Seu plano foi lançado e os muçulmanos estavam no limiar do início de uma guerra. 

Então estes versículos foram revelados e advertiram os muçulmanos para se cuidarem dos complôs dos inimigos e souber que o plano do inimigo seria de afastar um do outro e também da liderança divina. Já que a existência do profeta e do livro divino entre os povos é o melhor eixo da unidade e o seguimento dos mandatos do enviado de Deus é o caminho direto para obter a divindade.

Pois os muçulmanos devem sempre se apegar a vinculo de Allah e nunca se colocam sob as sugestões contraditórias de inimigos fingindo amigos.

A partir desses versículos, aprendemos isso:

O desejo do inimigo é enfraquecer a nossa fé diante do livro divino e do profeta de Deus, e não devemos permitir que o seu desejo fosse cumprido.

Não devemos nos orgulhar da nossa fé de hoje, já que muitos fiéis que tiveram má sorte e um final infeliz e morreram ateus.

Não é suficiente a existência do livro divino e a lei divina na comunidade. É necessário a presença do líder celestial e o seguimento de Ele.

O ato e o esforço podem conduzir o homem ao seu destino, quando o caminho for direto e não desviado ou atalhos.

Agora lemos os versículos 102 e 103 da surata da Família Imran:

 

يَا أَيُّهَا الَّذِينَ آمَنُواْ اتَّقُواْ اللّهَ حَقَّ تُقَاتِهِ وَلاَ تَمُوتُنَّ إِلاَّ وَأَنتُم مُّسْلِمُونَ

Ó crentes, temei a Allah, tal como deve ser temido, e não morrais, senão como muçulmanos.  (102)

واعتصموا بحبل الله جميعا ولا تفرقوا واذكروا نعمت الله عليكم إذ كنتم أعداء فألف بين قلوبكم فأصبحتم بنعمته إخوانا وكنتم على شفا حفرة من النار فأنقذكم منها كذلك يبين الله لكم آياته لعلكم تهتدون

E apegai-vos, todos, ao vínculo de Allah e não vos dividais; recordai-vos das mercês de Allah para convosco, porquanto éreis adversários mútuos e Ele conciliou os vossos corações e, mercê de Sua graça, vos tornastes verdadeiros irmãos; e quando estivestes à beira do abismo infernal, (Allah) dele vos salvou. Assim, Allah vos elucida os Seus versículos, para que vos guieis. (103)

Na escola dos profetas para o desenvolvimento e educação dos discípulos que são crentes desta escola, também há classes superiores. Para cada estágio de perfeição e bondade, há etapas que a pessoa fiel deve sempre percorrer para obter o estágio mais alto.

A ciência que é uma das bondades divinas para o ser humano é uma das perfeições, que o profeta do Islã pediu também a sua promoção e elevação a direção de Deus e diz: Meu Deus aumenta a minha ciência, a fé e a piedade. Também têm estágios que Deus neste versículo recomenda aos crentes para obter a etapa mais elevada e diz: Procura uma piedade que seja digna da fé em Deus, uma piedade que os distancia do mal e os encoraja a fazer o bem.

O versículo 103 convida os muçulmanos à solidariedade e a unidade, graças à religião divina e diz: Não se esqueçam de que, antes da fé em Deus, eram inimigos, estavam na beira de um abismo de fogo que em cada momento havia a possibilidade de cair nele. Portanto, graças a Deus que reconciliou e aproximou os seus corações, os transformando irmãos.

A partir desses versículos, aprendemos isso:

1-Tendo bem-afortunado e morrer com fé, se deve a piedade. O modo como o homem morrer, tem a ver com o modo de seu viver.

2-A unidade da comunidade baseada na linguagem, raça e nacionalidade não é estável. A verdadeira unidade é alcançada graças à religião que é sempre justa e duradoura.

3-A unidade baseada em acordos internacionais, políticos e militares não é estável, a verdadeira unidade é alcançada graças à reconciliação dos corações e que está nas mãos de Deus.

Recordar as bondades divinas é o fator de amor nele e obedecer a seus mandatos e negligenciar seus mandatos é a fonte de perder as bondades.

Agora lemos o versículo 104 da surata da família Imran:

 

وَلْتَكُن مِّنكُمْ أُمَّةٌ يَدْعُونَ إِلَى الْخَيْرِ وَيَأْمُرُونَ بِالْمَعْرُوفِ وَيَنْهَوْنَ عَنِ الْمُنكَرِ وَأُوْلَـئِكَ هُمُ الْمُفْلِحُونَ

E que surja de vós um grupo que recomende o bem, dite a retidão e proíba o ilícito. Este será (um grupo) bem-aventurado. (104)

A vida do homem está interligada com a vida social, os comportamentos das pessoas, além dos sinais individuais, influenciam automaticamente outras pessoas da comunidade.

A comunidade humana é como um grande navio, quando furar uma parte deste navio por uma pessoa inconsciente ou intencionalmente, ele será naufragado e causa a morte de outras pessoas.

Portanto, segundo o mandato divino, todos os membros da comunidade são responsáveis ​​uns com os outros para que o navio não receba danos.

Esta recomendação do intelecto se define pela religião no âmbito de uma tarefa denominado para encorajar ao que está bem e proibir o que está errado e obrigou a cada muçulmano a fazer o que é certo e proibir o que é errado.

Este ato de ordenar e proibir são um dever cívico que cada pessoa deve fazer, segundo a sua capacidade.

Mas, este versículo diz: Além de, todos os muçulmanos, se devem formar um grupo organizado e sólido para este caso, o qual, com vigor e a seriedade, tenta encorajar o bem e impedir os maus e ilícitos da comunidade.

Como quando um condutor inconsciente ou infrator conduz em uma rua na direção oposta, logicamente os outros motoristas, o advertirão com faróis e buzinarão e a polícia, por sua vez, vai dar uma multa e enfrentará o veiculo infrator.

O interessante é que o versículo concernente a ordenar o que esta bem e proibir o que é errado está interposto entre 2 versículos que convidam as pessoas para a unidade e a solidariedade, e esse é um segredo para saber que é possível convidar as pessoas a realizarem bons atos e aumentarem as bondades, em uma comunidade que não se encontre em discrepâncias e não seja desintegrado o sistema da comunidade, se não fosse assim, seria inútil este tipo de convite.

A partir deste versículo, aprendemos isso:

1-Na comunidade islâmica, alguns grupos devem ser observadores do comportamento social das pessoas, para que eles possam enfrentar o ilícito, no caso necessário, e impedir a propagação da maldade e resolver os problemas da comunidade.

2-A salvação e a felicidade são alcançadas graças à compaixão e atuação para solucionar os problemas e não por isolamento e distanciamento de problemas sociais.

3-O crente não deve apenas pensar sobre a sua salvação, mas também deve pensar em salvação e o desenvolvimento do próximo.

4-A recomendação aos bons atos tem prioridade ao impedimento aos maus atos, uma vez que se as vias corretas na comunidade forem abertas, isto diminuirá as causas para via errada.

Finalize o nosso guia com este versículo que é executado nos mandatos divinos e convide os outros a uma obrigação, consolidar uma verdadeira unidade na sociedade; Fiquem com Deus.

 

Jan 09, 2018 10:06 UTC
Comentários