Neste programa estudaremos sobre os motivos do aumento nas tendências da direita radical na Europa e a necessidade de conhecer os objetivos destes partidos em diversos países europeus.

A expansão de direita extrema tem mudado as equações políticas, sociais e culturais nos países europeus e na União Européia. Segundo os analistas, a profunda crise econômica-financeira de 2008 na Europa, as consequências nas políticas de austeridade para fazer frente à crise financeira. A onda dos refugiados para Europa, o aumento da tensão política entre a UE e Rússia, bem como o aumento das ameaças terroristas tem diminuído  terreno  no crescimento de atividades dos da direita radicais na Europa e a islamofobia. Estes  conseguiram durante os últimos anos  grandes triunfos nas eleições e seguem obtendo cada vez mais.

A maior tendência para a direita extrema, diminuíram os limites entre os partidos tradicionais e a direita moderada na Europa. Os partidos tradicionais europeus, sobretudo os conservadores de direita moderada para não perder sua base social e reduzir a influência da direita radical nos palcos sociais, culturais e inclusive políticos repetem os lemas dos de direita extremos. Um dos temas que  acerca os conservadores de direita e os radicais é a luta contra a imigração, estrangeiros e o Islã. Por outro lado , os partidos de esquerda, depois da crise financeira de 2008 e os programas de austeridade econômica vêm perdendo  posição social e muitos de seus partidários inclinaram-se para direita extrema. Os esquerdistas tradicionais  perderam muito  nas últimas eleições na Europa. Quase em todos os países europeus, os partidos tradicionais de esquerda moderada vêm perdendo  expectativas para retornar ao poder. A Espanha foi um destes países em 2016. O partido conservador popular em duas eleições celebradas não pôde obter a maioria absoluta das cadeiras do parlamento para formar o Governo. Por outra lado , o partido socialista, o principal partido esquerda na Espanha em duas eleições perdeu-se um número de cadeiras.

Mariano Rajoy, o líder e conservador do Partido Popular na Espanha, apesar de obter a maioria das cadeiras nas eleições parlamentares, não conseguiu adquirir a maioria dos votos.

Por outro lado, a rivalidade entre os partidos de esquerda e direita moderada tem dado seu lugar a uma concorrência entre a direita moderada e direita extrema. Em alguns países, os partidos de direita e esquerda moderada uniram-se para fazer frente à tendência para a direita extrema. Isto ocorreu nas eleições federais da Alemanha e as eleições regionais da França. Tendo em conta que se reduziu a popularidade do partido socialista francês, se prevê que nas eleições presidenciais de 2017 na França, a concorrência principal tenha lugar entre François Charles Amand Fillon, candidato de direita moderada e Marine, Lhe Pen, de Frente Nacional com tendências anti-islâmicas e de anti- imigração.

Nas eleições parlamentares da Alemanha em agosto de 2017 se pronostica que o partido de direita radical “Alternativa para Alemanha” obtenha cadeiras em 10 federais. Nas eleições presidenciais da Áustria, os candidatos de esquerda e direita moderada, perderam na primeira rodada e os candidatos do Partido Verde e direita radical chegaram a segunda rodada . Nas eleições parlamentares de 2016, as pesquisas  indicam que o partido de direita radical liderado pelo anti-islâmico Geert Wilders se converterá em um desafio para os partidos de direita e esquerda moderada.

Na Itália, o Movimento de 5 estrelas, com a União Européia e a moeda única européia ocupa a segunda posição no Parlamento e as pesquisas mostram que no caso de algumas eleições antecipadas em 2017, será um sério rival para os partidos de esquerda e direita moderada.

Estas mudanças  manifesta a necessidade de conhecer melhor os partidos de direita radical na Europa. Qual é o antecedente do pensamento de direita extrema na Europa? A tendência para a direita radical que influências deixará nos avatares da Europa? Que passará com a situação da minoria muçulmana na Europa enquanto se cresce as tendências anti -islâmicas?

Em geral , não existe uma definição comum sobre a direita extrema entre os pesquisadores. Os pensadores da ciência política e social definem aos de direita radical com palavras como desafiador, descontentamento, xenófobo populista, anti-globalização, integração, nacionalista radical. Tendo em conta que falamos sobre a direita radical em uma nova era da globalização, não há que analisar a direita radical  como um fenômeno novo e sem levar  em conta os vínculos ideológicos com o fascismo. Hoje em dia, deve ser explicado a ideologia de direita extrema tendo em conta os fatores de fascismo e as novas estratégias do mundo globalizado . Na atualidade, a direita radical organizada consiste em vários grupos de diversas tendências com ideologias diferentes . Alguns destes grupos se colaboram, outro se competem e alguns lutam um contra outro . O instituto Friedrich Ebert fez em 2006 uma pesquisa aos pensadores da ciência social sobre a definição da direita extrema. De acordo a esta pesquisa , definiram a direita extrema desta maneira: “a direita extrema é um padrão cuja característica comum reflete conceitos de desigualdade. No palco político, mostram uma tendência para a ditadura, visão machista e justificativa de nazismo. No palco social, mostram xenofobia mantendo-se pensamentos darvinistas” .

O politólogo Piero Ignazi,  expressa três condições fundamentais para conhecer os partidos de direita extrema. A primeira é que deve localizar-se na extrema da facção de direita . A segunda é haver vínculos ideológicos com os princípios fascistas. A terceira é que a de direita radical deve propor políticas e temas que recusam o sistema democrático. Ignazi dividiu a direita radical em dois grupos: o primeiro grupo é herdeiro de partidos tradicionais com mínimo vínculo com fascismo e seus legados.  O segundo grupo são os partidos de direita radicais extra tradicionais novos, este segundo grupo ganha nas eleições de países europeus. Aproveitando a onda de anti imigração, um numero de partidos de direita radical obtiveram sucessos nas eleições . Este grupo conta com características importantes: Eles tentam  mudar a opinião dos eleitores convocando e pedindo exigindo  sentimentos contra a imigração, e esta tendência sempre foi recusada por outros partidos.

Nos próximos programas explicaremos um pouco mais sobre os fatores de direita extrema.

 

Jan 02, 2017 17:51 UTC
Comentários