• Jerusalém (Al-Quds)

    Jerusalém Oriental, que inclui a Cidade Velha e os santos locais reverenciados por judeus, cristãos e muçulmanos, é considerado território palestino ocupado de acordo com o direito internacional. Os palestinos esperam que se torne a capital do seu futuro estado uma vez acordado em negociações de status final com Israel, de acordo com os acordos de Oslo de 1993. O movimento de Trump coloca essa esperança em séria ameaça.

  • O mês sagrado do Ramadã

    O Ramadã é o nono mês do calendário Muçulmano. O Ramadã é o mês sagrado para os seguidores da religião muçulmana. Esse período, recorda o momento em que o profeta Maomé recebeu o texto do Alcorão. O Alcorão é o livro sagrado do islamismo.Durante o Ramadã, os muçulmanos fazem orações, jejuam e fazem leituras do Alcorão. Ficam sem comer e sem beber entre o nascer e o pôr do sol.

  • Muçulmanos em Myanmar

    Em Myanmar, os muçulmanos Rohingya enfrentam a morte, tortura e estupro por forças militares e gangues de extremistas budistas no estado ocidental de Rakhine, segundo relatos e testemunhas . Eles estão fugindo de ataques violêntes nos últimos meses.mos meses.Bangladesh restringe o movimento de Rohingya.

  • Dia Mundial de َAl-Quds

    Por iniciativa do Imam Khomeini, em 1979, na última sexta-feira do sagrado mês de Ramadã considera-se o Dia Mundial de Al-Quds, tentando unir as pessoas ao mundo islâmico e mostrar sua eterna solidariedade com a nação palestina.

  • Donald Trump: o novo presidente americano

    Donald Trump acabou de ser eleito o 45.º presidente dos Estados Unidos.