Out. 20, 2018 09:56 UTC
  • 32 civis mortos em ataques da coalizão lideradas pelos Estados Unidos no leste da Síria

Pars Today- Os ataques aéreos da coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o grupo jihadista do Daesh no leste da Síria mataram pelo menos 32 civis em menos de 24 horas, disse um monitor nesta sexta-feira.

As greves na vila de Sousa mataram 18 civis, incluindo sete crianças, na noite de quinta-feira, e mais 14 civis na sexta-feira, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede na Grã-Bretanha.

Dezenas ficaram feridas e muitas permaneceram sob os escombros na aldeia na província oriental de Deir Ezzor, perto da fronteira com o Iraque, disse o chefe do Observatório, Rami Abdel Rahman.

Nove lutadores do IS também perderam suas vidas nos ataques, disse ele.

Um porta-voz da coalizão não estava imediatamente disponível para comentar.

Em 2014, a Síria invadiu grandes áreas da Síria e do vizinho Iraque, proclamando um "califado" em terras controladas por ele.

Mas o grupo Daesh já perdeu a maior parte do tempo para várias ofensivas nos dois países.

Na Síria, o grupo viu sua presença reduzida a partes do vasto deserto de Badiya e a um bolso em Deir Ezzor que inclui Sousa.

Uma aliança árabe-curda apoiada pela coalizão no mês passado lançou uma ofensiva para arrancar o bolso de Deir Ezzor do Daesh.

As Forças Democráticas da Síria disseram que a batalha provavelmente levará mais tempo do que o esperado.

Tags

Comentários